20/02/15

Sem rumo

QUINTAS – AQUILO – ASELHA – ADORARIA - ENRIQUECIA

Às Quintas-feiras tinha folga. Passava a semana a sonhar com aquilo. Trabalhava  no duro pois a patroa era exigente. Bastava lascar um copo para lhe chamar aselha ou mesmo irresponsável.
Ah, como adoraria sair dali!
À noite lia romances de amor, imaginando vidas diferentes e amores impossíveis. Um dia partiu sem rumo nem norte, para não enlouquecer. Perdeu-se-lhe o rasto...
Mais tarde soube-se que casara e enriquecia. Agora era feliz tal qual como nos romances que lera!

Isabel Lopo, 69 anos, Lisboa

Desafio nº 84 – sílabas de QUINQUILHARIA

Sem comentários:

Publicar um comentário