07/05/15

Cores e amores

A vida e nuances. Tantas múltiplas e diversas. Alternando cores, humores, sentimentos. Tons azuis, azulando sonhos. Quando acalora é sol.  Apaixonada é rubra, grená. Mas chegam chuvas, tormentas. E se fazem gris.
 É a vida assim. Entre cores, risos, dores.  Quer Sépias ou escarlates.  Que desenho então surgirá? Nela somos todos atores. Artistas sem tela, pincel.
Somos a própria pintura. Então dias verdes brotarão. Da cor da relva. Molhados de orvalho, esperançosos. Plenos de amor. Cores vivas!

Roseane Ferreira, Estado do Amapá, Macapá, Extremo Norte do Brasil
Publicado aqui: http://www.anezinha.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=5234808
Desafio RS nº 12 – texto em prosa com frases de 4 palavras

Sem comentários:

Publicar um comentário