25/05/15

Não!

Não aos que já não esperam, por isso desesperam.
Não a quem nada diz e não vive feliz.
Não aos que muito odeiam e amor não ateiam.
Não aos amores que dormem e na dor se consomem.
Não a quem muito abusa, não limpando o que usa.
Não ao que mente por opção para ter promoção.
Não ao que não dá por querer e não quer ver.
Não a quem tudo consome e deixa dor e fome.

Isabel Sousa, 63 anos, Lisboa

Desafio nº 59 – 14 vezes a palavra não

Sem comentários:

Publicar um comentário