27 janeiro 2016

A despedida

Gritei! O gancho desprendera-se…
Foi tamanho o granizo…
Gemia só…permaneci naquela gruta fria, gelada, sem gabardine ou garra de existir.
Gotejava…gélida noite no globo.
Arrepiada, grunhia em ganidos de dor. A garganta, essa? Ganhava gangrena… gengivas putrefactas! Gigantes gretas na pele, grave infeção!
Ganância, foi isso… Gambuzinos cobicei garimpar. Genial maluqueira!
A garota germinava a morte, garantia grande pranto às gentes da terra.
Em glaciar morte, gastou a vida, sem gozo, gargalhadas ou glórias… veio a despedida.

Andrea Ramos, 39 anos, Torres Vedras
Desafio nº 57 – palavras começadas por G em todo o texto, estando entre cada palavra com G, poderá haver até três palavras livres


Sem comentários:

Enviar um comentário