25 janeiro 2016

Adeus!

Homenagem aos meus ténis, sim aqueles com que comecei a jogar futebol, aqueles com que tanta água pisei, pontapés dei numa bola e a tanta gente.
Nunca irei esquecer aquele dia em que vos arranhei e senti que ia morrer, quando cheguei a casa pensei que o meu pai me ia matar, mas ele pôs graxa e ficaram novos outra vez.
Aquele fatídico dia em que me apertastes os pés, com lágrimas nos olhos disse:
-Adeus ténis.

Ivan Grande Thompson, 24 años, Madrid, prof Paula Pessanha Isidoro
Desafio Escritiva nº 4 – homenagem às sapatilhas


Sem comentários:

Enviar um comentário