27 janeiro 2016

Gorda?!

– Gorda! – gritam eles gargalhando impropérios. 
Grande! – murmuro eu. – Grande!
Gorda! – insultam. Pensarão que gosto? Que gozo com isto? 
Gorda: rótulo grudado à pele! É grutesco. Cruel, até… Grito baixinho: 
GrunhosGarotos!
Sou Grande! Posso gabar-me disso! Sou uma governante nacional competente: Sou uma guardiã de grandes feitos, líder de grandes grupos. E (ai garota!), debaixo desta gabardine, que guarda segredos de gueixa, tenho a garra de uma guerreira e a ginástica mental galvanizante da generalidade de despautérios.

Mireille Amaral, 40 anos, Gondomar

Desafio nº 57 – palavras começadas por G em todo o texto, estando entre cada palavra com G, poderá haver até três palavras livres

Sem comentários:

Enviar um comentário