27 fevereiro 2016

Saudade

Nada mais havia a fazer, já não podia voltar atras. O meu mundo acabou! Quero vê-la, quero tocar-lhe, mas não consigo. Se tivesse evitado perder a memória, os tempos que podíamos ter passado juntas. Agora restava as pequenas coisas que ela me deixou. Quando ela estava aqui comigo não dava importância, agora que já não estás parece que as coisa pequenas que não tinham importância no mundo, voltaram a ter uma função na minha vida.

Leonor Santos, 11 anos, 6ºH da Escola Padre Francisco Soares, Agrupamento de Madeira Torres

Desafio nº 103 – 3 frases impostas por ordem

Sem comentários:

Enviar um comentário