10 abril 2016

Persistência canina

Pastorisa gosta de comer ervas. Cadela brincalhona é também teimosa. Tenta todos os truques para me obrigar a brincar com ela. Coloca, duas vezes, uma bola no meu regaço e provoca-me ladrando. Indiferente, bebo chá de alface num copo de vidro. Ela sobe para o sofá, puxando-me pelo casaco. Sacudo-a e caio ao chão. Pastorisa ocupa, enfim, o meu lugar, vitoriosa. Iluminada pelo sol a bola brilha sobre o meu casaco verde, debaixo da sua pata peluda.

Isabel Sousa, 64 anos, Lisboa.

Desafio nº 65 – chamavam-lhe Pastorisa

Sem comentários:

Enviar um comentário