31/08/17

Helena Pereira ― desafio nº 124

Frase: Mãe, foste o meu porto de abrigo, agora és uma super-lula!
Super-lula, és minha esponja.
Uma esponja que me absorve nesses tentáculos,
Foste, és, serás sempre minha Mãe, a minha super-lula!
Agora já não estás, no céu vejo constelações de super-lulas…
Estrelas como abrigo em dias cinzentos,
Nesse céu de esperança de um amanhã melhor.
Olho o porto, os barcos regressam…
Trará o meu uma super-lula?
Não, o meu viaja nos sonhos…
Hoje foste de novo o meu porto de abrigo!
Um beijinho, Mãe, onde quer que estejas…
Helena Pereira, 44 anos, Seixal

Desafio nº 124 ― és uma super-lula!

Sem comentários:

Publicar um comentário