15/08/17

Palmira Martins ― desafio nº 123

Ironia do Destino
Costa, nascido e criado num lugarejo junto ao Sado, nunca tinha viajado para além da capital, onde trabalhara nas docas.
Um ano teve a recompensa justa: uma empreitada no Brasil, na Barra da Tijuca.
Apaixonou-se pelas praias e, principalmente, pelas garotas de pele dourada.
Ele, jovem casto e fiel à namorada que deixara na terrinha, perdeu a cabeça e por lá ficou.
A namorada, farta de esperar, casou com um brasileiro rico que apareceu na terra.
Palmira Martins, 61 anos, V. N. Gaia

Desafio nº 123 – palavras com letras de justificado

Sem comentários:

Publicar um comentário