27/09/17

David Prudêncio Espírito Santo - escritiva nº 19

A t-shirt
Eu era uma t-shirt bem tratada, lavada sempre que usada, era como se fosse a número um das t-shirts que havia no roupeiro, levava-me sempre vestida, no inverno levava-me debaixo da swet, da camisola de gorro e do casaco, na primavera em cima da swet e no outono debaixo da camisola de gorro.
Houve um dia em que eu deixei de servir e atiraram-me pela janela. Passei dias a voar até que parei à porta de um mecânico, e agora usam-me como pano.
David Prudêncio Espírito Santo, 11 anos, Torres Vedras

Desafio Escritiva nº 19 ― vidas passadas de objetos

Sem comentários:

Publicar um comentário