24/10/17

Ana Beatriz ― desafio 64

Depois do fim, ainda te encontro.
Adocicaste e criaste a minha inspiração.
Mudaste a cor dos dias - eram sonhos rosados, nuvens alaranjadas - momentos de infinito. Iluminaste-os de noite, regaste-os de dia.
A tua voz melodiosa harmonizou-se com o meu sentir, vibrando em uníssono.
Ainda me desencontro, na reprovação humilhante, dum desabafo. 
Ainda te sinto, no amparo da redenção - onde as minhas fragilidades foram ouvidas e confortadas.
Às vezes, esta doçura ainda permanece, por isso ainda te encontro.
Ana Beatriz, 39 anos, Lisboa

Desafio nº 64 – texto começando por “Depois do fim…”

Sem comentários:

Publicar um comentário