31/01/18

Sandra Santos ― desafio 91

Ulisses desistira das sessões de recuperação. Choros, tristezas e balelas de gente desconhecida deixavam-no mais impaciente. Olhava para o relógio. Uma vez. Outra vez. Corria a gastar os trocos do dia. Sentia-se dono de si. Queria ter força para não consumir, mas a vida sem a sua branquinha parecia-lhe já distante. A indiferença dos olhares, perdidos noutras magias, oferecia-lhe a certeza do anonimato e a ilusão de uma vida sem amarras. Herói de tudo. Herói de nada. 
Sandra Santos, 43 anos, Guarda
Desafio nº 91 – cena metafórica de gota de chuva que acaba numa poça


Sem comentários:

Publicar um comentário