18/03/18

Albertina Albuquerque ― desafio 1


Ao longe o céu está negro, o vento traz o cheiro que oprime o peito, mas eles resistem agarrados à esperança das sirenes que tardam. Gritos presos em gargantas cansadas deixam para trás segredos e memórias, risos e prantos…  e assim, de repente, o fogo chegou impiedoso, lambeu tudo à sua volta deixou apenas os rastos de vidas fugidas… o sorriso de uma criança agarrado ao triciclo retorcido e uma pena chamuscada, caída dentro da gaiola aberta…
Albertina Albuquerque, 55 anos, Coimbra
Desafio nº 1 – palavras impostas: pena, sorriso, fogo


Sem comentários:

Publicar um comentário