29 maio 2018

Luís ― desafio 92


Que frio que estava, era bem cedo e começou o pesadelo diário.
Tive o espanto quando ouvi o ranger da porta a abrir e pensei que fossem os meus pais. Senti uma revolta que mudou a minha vida para sempre. Apareceu-me o cão, que eu sempre quis ter, para brincar com ele.
Mas nós tínhamos uma coisa em comum. Tínhamos ficado sem uma perna, mas com a repetição do dia-a-dia, fomos ficando cada vez mais estranhos.
Continua…
Luís, 7º ano, Esc. Sec. Dr. José Afonso, Seixal
Desafio nº 92 – associar: frio, espanto, revolta e repetição

Sem comentários:

Enviar um comentário