01 julho 2018

Alda Gonçalves ― desafio 144


Apregoava os manjericos na rua sem sentir que a dor do dente moía constantemente.
Não tomara nenhum analgésico, enquanto de manhã coava o café na pressa de sair. 
Privada de apreciar a alegria em redor. Nem reparou que os vizinhos voltaram a cromar o gradeamento que circundava o posto dos correios privatizados.
Cor a deprimir a praceta e o ambiente festivo e uma opinião a depreciar os festejos de mais uma noite S. Joanina. Vidas a doer.
Alda Gonçalves, 50 anos, Porto
Desafio nº 144 ― 10 verbos com certas características

Sem comentários:

Enviar um comentário