10 julho 2018

Helder Bernardo ― desafio 35


Repartiram entre si as suas vestes, copiaram o seu poder, marginalizaram-na. Inventaram atos perversos, adulteraram o seu trabalho, culparam-na de todas as anomalias - odiaram-na. Anularam pormenores de beleza, ampliaram defeitos - murmuravam, abanando a cabeça. 
Como se sentia Eunice?
Os bancos de vento lembravam-lhe a presença divina, os passarinhos chilreavam, a brisa aveludava a sua pele, os desconhecidos sorriam-lhe.
Registou a Luz da sua alma, adornou a bondade do seu caráter - encontrou a bela e pura palavra Poesia.
Helder Bernardo, 57 anos, Sines 
Desafio nº 35 – partindo de dois versos de autor
Novo testamentoRepartiram entre si as suas vestes João 19: 23, 24
Sophia de Mello Breyner Andresen - Encontrou a bela e pura Palavra poesia - in "Mar novo"- 1958

Sem comentários:

Enviar um comentário