16 julho 2018

Helena Rosinha ― desafio 145


O dia começou quando, despedidos os últimos clientes, extintas as últimas luzes, o show acabou. As fantasias que adornaram Ângela, dando-lhe forma, espraiavam-se pelo chão, pelas cadeiras. Glamour, brilho, ilusões diluíam-se na crueza da madrugada. O carro da recolha do lixo fez vibrar as paredes do velho cabaret. A vozearia dos carregadores, levando mercadorias para o mercado adjacente, arrancou Ângela à modorra do momento. Dia afora, voltaria ao papel de Ti Constança, vendedora de frangos do campo.
Helena Rosinha, 65 anos, Vila Franca de Xira.
Desafio nº 145 ― o dia/noite começou quando…

Sem comentários:

Enviar um comentário