03 julho 2018

Isabel Pardal ― desafio 144


Vamos lá ver, doer, o que se diz doer, não doeu, mas moía o juízo, a tentativa de domar a minha vontade, tomar para si o que era meu!
Não gosto de soar como uma tonta, depreciar as novidades, deprimida com a evolução dos tempos... Mas alterarem-me rotinas implantando-me um chip para controlar a minha saúde à distância é privatizar o meu direito ao queixume mensal na sala do consultório, privar-me de voar num oásis de solidariedade!
Isabel Pardal, 54 anos, São João da Madeira
Desafio nº 144 ― 10 verbos com certas características

Sem comentários:

Enviar um comentário