16 julho 2018

Paula Castanheira ― desafio 145


A noite começou quando ele bateu com a porta!
Não era noite daquelas com lua e dia seguinte, era verdadeiramente a noite da vida de Aldina.
O estremecimento da porta não lhe abandonara ainda o corpo e repercutia-se por todos os nervos.
Cansou-se do caos em que ele, descontraidamente, lhe transformara a casa. Pô-lo fora.
Tudo estava agora arrumado, mas sem vida, sem Ele!
Iria esperá-lo ao escritório. Ele era demasiado importante, não o perderia por ninharias!
Paula Castanheira, 54 anos, Massamá
Desafio nº 145 ― o dia/noite começou quando…

Sem comentários:

Enviar um comentário