12 julho 2018

Theo De Bakkere ― desafio 145


Reynardo, a raposa
O dia começou quando Reynardo acabou a sua incursão de ladrões nos arrabaldes à beira da mata. Tinha descoberto que ali uns paisanos criam galinhas para servirem como transformadores dos restos de cozinha. Embora essas não sejam tão gostosas como os galináceos no pátio, Reynardo aproveitar-se-á da negligência daqueles habitantes para roubar suas galinhas. Consternação geral, porque de noite uma besta sanguinária provocara um massacre. Reynardo, a raposa não percebeu nada disso. Também sua prole deve comer!
Theo De Bakkere, 66 anos, Antuérpia, Bélgica
Desafio nº 145 ― o dia/noite começou quando…

Sem comentários:

Enviar um comentário