06 agosto 2018

Maria Luísa Ribeiro Gomes ― sem desafio


― Rex, anda.
― Que bom vamos passear, só vamos os dois? E levas a minha bola, vai ser divertido...
Já chegámos? Que floresta bonita!
― Rex, busca!
― Adoro este jogo, mas atiraste para tão longe...
― Cheguei, onde estás? Onde estás? Vou ficar aqui à espera, sei que vais voltar, és o meu dono...
Passaram noites, tenho frio, fome e medo.
Estou fraco, ouço uma voz meiga, traz comida, tenho medo, desculpa não esperar por ti, mas tenho que ir...
Maria Luísa Ribeiro Gomes, 53 anos, Rio Tinto

1 comentário:

  1. Fico sempre tão comovido e triste quando leio histórias destas.
    77 palavras que dizem tanto...

    ResponderEliminar