18/10/18

Elisabete Anastácio ― desafio 129

Vinha da aula de natação a imaginar-se no papel de governanta. “Às tantas ainda vou ser a protagonista da peça de Natal.”, pensou, enquantojá em casa, preparava o seu abatanado, como habitualmente, ao qual decidiu juntar, excecionalmente, natas. “Depois, vem a peça passada no sultanato. E eu posso ser a bela sultana!”, disse, sorrindo. “Um dia, o malvado bruxo lança sobre todos o anátema de nunca mais poderem sorrir e eu serei a grande heroína, claro.”
Elisabete Anastácio, 56 anos, Setúbal
Desafio nº 129 – palavras que vêm de NATA

Sem comentários:

Publicar um comentário