12/10/18

Natalina Marques ― desafio 151


Leu a última PÁGINA. Pôs o CAPOTE e saiu sem pressa de chegar ao destino, embora o desejasse.
Virou a esquina, embrenhou-se numa rua que AFUNILAVA até ao largo, onde lojinhas vendiam os seus produtos artesanais.
Comprou uma gargantilha de MISSANGAS.
No lugar onde a esperava, nasciam ESPARGOS selvagens, apanhou-os, serviriam para a ceia.
De repente ouviu um GRITO, perseguida por uma cobra, viu-a TREPAR uma figueira.
Ajudou-a a descer e ofereceu-lhe o colar, ainda a sorrir.
Natalina Marques, 59 anos, Palmela
Desafio nº 151 ― palavras com espargo

Sem comentários:

Publicar um comentário