03 novembro 2018

Domingos Correia ― desafio 150


Quem não tem água, usa o que tem à mão!
Açores. Chuva. Sigo no skoda alugado. Gado pastando. Subitamente, avisto um bezerro caído, preso pelo pescoço, quase esganado. Paro. Saio. Ponho o bezerro de pé. Cambaleia. Seguro-o. Recupera. Querendo agradecer, emite um mugido.
Mãos sujas, gordurosas. Sigo viagem. Paro num miradouro. Dirijo-me a um tufo de hidranjas. Esfrego as mãos nas folhas molhadas. Foi então que reparei nos olhares espantados de dois turistas.
― Quem não tem água, usa o que tem à mão! ― esclareci-os, improvisando um adágio.
Domingos Correia, 60 anos,Amarante
Desafio nº 150 ― 6 palavras com GD

Sem comentários:

Enviar um comentário