16/01/19

Ana Silva ― desafio 160


Numa fogosa tarde de outono, as horas fugidias afogavam-me em trabalho.
Na urgência de cuidar, eu, afugentava o medo e afagava cada utente como se fosse único. Afigurava-se um final de dia complicado.
Recordei a figueira em flor e o seu fugaz aroma agre-e-doce. Do outro lado, a fogueira já a arder e lançar fagulhas mágicas que fogem a dançar no ar. Continuei a sorrir. Já faltava pouco para fugir dali e regressar ao aconchego de casa.
Ana Silva, 45 anos, Nelas
Desafio nº 160 – plvrs com FAG, FIG, FOG, FUG

Sem comentários:

Publicar um comentário