24/05/19

Ana Rita Nápoles ― desafio 172


Em fuga da vassoura da velha Medusa, o rato Jeremias fugia cheio de força.
Ao virar do corredor, no azulejo, um buraco o deslumbrou, sem hesitar teve de entrar, sem saber onde ia dar…
Uma sala de luxo encontrou.
Na parede um leque de quadros a óleo aparecia, como se fosse magia.
Como hóspede decidiu ficar, pois ali ela nunca o conseguia apanhar.
Cansado, com febre, numa caixa de fósforos se deitou, até que o sono aconchegou…
Ana Rita Nápoles, 35 anos, Torres Vedras       
Desafio nº 172 ― 10 palavras incluindo Medusa