15/10/19

Natan e Celina Silva Pereira ― desafio 35

Sorveteria
Quem sabe um dia
eu vou à sorveteria
para passar o dia
com a minha tia.

Eu vou pedir um
sorvete de chocolate
porque lá perto o
cachorro late.

Oh! Não! Chegou
o meu irmão,
e ele pediu um
sorvete de limão.

Meu coração é um
Sorvete colorido
De todas as cores,
E é saboroso de
Todos os sabores.

Meu coração ainda
Vai derreter e amar.
Ainda vou crescer.
Mais sabores vou viver.
Coração meu, meu coração.
Natan, 13 anos, CEF 214 Sul, Brasília, Brasil e profª Celina Silva Pereira
Desafio nº 35 – partindo de dois versos de autor
"Quem sabe um dia" - Mário Quintana
"Coração meu, meu coração" - Caio Fernando Abreu

Sem comentários:

Publicar um comentário