12/02/20

Luís S ― desafio 15


Lá estava eu num ringue de luta, tinha eliminado o meu adversário, mas ele não quis admitir a derrota, então como bom desportista, atirei-o para fora do ringue. Ele, do nada, atira-se contra a porta, batendo-lhe com o ombro e acabou por ficar lesionado. Então, eu como um lutador comum, fui beber champanhe para comemorar a minha vitória e fui para casa ensinar boxe ao meu filho. 
Luís S.,15 anos, prof Adelaide Passarinho
Desafio nº 15 com frase retirada de um livro
“Você atira-se de encontro à porta, batendo-lhe com o ombro”, do livro “O feiticeiro da Montanha de Fogo”, Coleção Aventuras Fantásticas