01/10/20

Elsa Alves – desafio 110

Fácil...

Tinha de arranjar uma solução que pudesse, definitivamente, resolver o seu problema. Queria tudo em pratos limpos. Não podia continuar assim, como que desmembrada por tentáculos de um polvo gigante. Arranjaria forças para sair do refúgio habitual. Precisava de mãos livres e cabeça fria. Avisavam-na que ia ser difícil. Que tivesse paciência. Que não havia rosas sem espinhos. Farta daquela conversa, agarrou num martelo gigante e zás... Desferida a primeira pancada, as restantes já não custaram nada...

Elsa Alves, 72 anos, Vila Franca de Xira

Desafio nº 110 – 8 palavras obrigatórias

Sem comentários:

Publicar um comentário