23/11/20

Helena Rosinha – desafio 225

Raízes

Um lugarejo nas franjas da serra, as pessoas, a cor das searas, a tonalidade única do sol poente – as raízes! De que me orgulho. Que me traem.

A timidez, o jeito de falar, destoam na cidade maquilhada, esbarram nas nuances de cinismo (refinado) das colegas. Cortar os laços? Impensável. Até porque ficariam sempre umas pontas, extensões de berço, cunho da minha pertença. 

Riam-se! É-me indiferente. Mas, atenção, se me pisam os calos, aí estala o verniz todo!

Helena Rosinha, 68 anos, Vila Franca de Xira

Desafio nº 225 – vocabulário estética e cabeleireiros