27/11/20

Sueli Dobón – 223

A matemática do amor pode ser complicada, já que muitos fatores são abstratos e dependem de algumas variáveis. As trocas de olhares podem somar e nos trazer esperanças, já as ausências diminuem as expectativas, e se tornam incógnitas que geram sofrimento. O tempo pode ser um fator negativo também, já que muitas vezes temos que nos dividir entre tantos afazeres e acabamos por ficar distantes. Por isso, o bom mesmo seria se só pudéssemos multiplicar momentos felizes.
Sueli Dobón, 57 anos, São Paulo/SP - Brasil
Desafio nº 223 – conceitos matemáticos