31/12/20

Arlene Nunes – desafio 230

Numa viagem pelo tempo, encontrei o 2020; escuro e de feitio difícil. Apresentou-me o círculo que me disse, ao ouvido sorrindo, que as nossas preces vão ser ouvidas. O quadrado feliz afirmou que em quadrados isolados não mais vamos estar. O triângulo referiu que os momentos não vão ter que ser somente a três. Enfrentar o bicho e abraçar-nos sem fim foi o desejo do retângulo que, chorando de emoção, gritou Que Viva ao 2021.

Arlene Nunes, 31 anos

Desafio nº 230 – uma viagem com geometria