29/06/21

Theo De Bakkere – desafio 245

O poliglota alado

Soube cacarejar, imitando e gritando como soaram.

Cacarejante, barulhosa, penetrante, mas sempre perfeito. Oiça!

Alado, bicudo, ovíparo e, marcantemente multilíngue, impressionava-nos.

Cacarejou, miou, ladrou enquanto divertíramo-nos ao ouvir.

Podia repetir, entreter e conseguiu mesmo dançar.

Admirável, engraçado, cómico sem que forçar.

Rimos, jubilamos, aplaudimos, embora necessitasse urgentemente recuar.

Queria amar, aninhar, mas receou que ficasse,

Perpétuo, engaiolado, roubado de viver, e, sentiu-se

Insultado, enganado, frustrado. Quando por tristonho calvejou.

Recusava arremedar, falar, somente blasfemara ao falecer.

Theo De Bakkere, 70 anos, Antuérpia – Bélgica

Desafio nº 245 – estrutura em 7 imposta