20/07/21

Andreia Ventura – desafio 160

Certa noite, fizemos uma fogueira na praia da Figueira da Foz. As chamas eram enormes, o fogo ganhava uma força imensa… mas, pelo menos, afugentava os mosquitos.

Figo sugeriu que fôssemos ao mar. O Fagundes, que estava a tocar fagote, concordou... mal sabia ele que acabaria por se afogar. E eu fugi, assustadíssimo. 

Corri para casa e pedi ajuda à minha mãe, que estava nua a cozinhar fígado de vaca no fogão.

– Que figura! – pensei eu.

Andreia Ventura, 25 anos, Coimbra

Desafio nº 160 – plvrs com FAG, FIG, FOG, FUG