20/09/21

Constantino Mendes Alves – desafio 249

Os disparates, quem os não fez durante a sua vida. Erros, desvios, arrependimentos, atos desesperados, medos vencidos e vencedores, traições…o que não devia que se fez,

O mal não desejado e que se impôs, porque somos esta massa humana repreensível ambivalente que verdadeiramente não controlamos. Como dói ou como doeu, como destruirmos em breves segundos a felicidade, que é viver na coerência humana. Seguir maus caminhos…

«E era linha duma vida sendo recolhida de volta ao novelo.»

Constantino Mendes Alves, 63 anos, Leiria

Desafio nº 249 – Recantiga, Miguel Araújo