10/11/21

Chica – desafio 256

Atrás de tempo, ela estava sempre a correr. Achava que milagres podia fazer. Eram quatro os pequeninhos. Corria com um chevettão verde abacate pela cidade para largar cada um em suas escolas. 

À noite, junto com marido, cursava a universidade e ainda se cobrava ter notas boas.
Assim ia! Anos passaram, filhos casaram, assumiu netos... 

Continuou a correr. Hoje lhe faltam joelhos e pés.
Foi-se a vitalidade e pode até chamar, mas não mais tempo vem!

Chica, 70 anos Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil 

Desafio nº 256 – Atrás do tempo, tempo vem.

Publicado aqui