19/05/22

Toninho – desafio 272

Lembranças da Palmeira onde gravei teu nome, na partida para o Norte numa missão.

Apaixonado, idealizava abrir a fechadura do teu coração, onde residia uma desilusão, que te dava uma imagem apagada.

Coloquei o cinto de segurança, pela janela vi tuas mãos acenando, pensei que seria um adeus.   

Hoje ainda espantado com a aterrissagem sob um temporal, vi o brilho dos teus olhos, calou meu susto. Um beijo me fez sentir renascido, para viver o feliz reencontro.

Toninho, 66 anos, Salvador-Bahia, Brasil

272 – palavras encadeadas, com palmeira