21 julho 2015

A surpresa

Longe do povoado,
Bastante isolada,
Ouviu bater à porta
Ficou assustada!

Esta senhora idosa
Avistou um  clarão
E, só  à janela
Pôde notar a razão…

Era um grupo de pessoas,
De holofote na mão,
E, vendo, soube que o medo
Era apenas ilusão.

O Dia era de Reis,
Queriam fazer a surpresa,
Alegria e cantares,
Pão e vinho sobre a mesa!

Foi uma noite animada,
Como manda a tradição,
Onde não faltaram doces
E o belo salpicão!

Maria do Céu Cardoso Ferreira, 59 anos, Amarante
Desafio nº 94com clarão, porta a bater 

2 comentários: