04 fevereiro 2016

Ilusão

Reneguei o amor que sentia,
Nada mais havia a fazer,
Criada com outros princípios,
Assim, não sabia viver!

Se tivesse evitado a paixão
Poderia logo notar...
E, sem sonho ou fantasia,
Não podia, sequer, acreditar!

Tantos anos passados em vão,
E, agora, restava fugir,
Não tinha nada na mão
E não queria um amor a dividir!

Amei, de tal modo que não vi,
Atraiçoado, assim, o meu amor,
Apenas vivi uma ilusão,
Restava-me sair mesmo com dor!

Maria do Céu Ferreira, 60 anos, Amarante

Desafio nº 103 – 3 frases impostas por ordem

Sem comentários:

Enviar um comentário