08 maio 2016

Feios mas verdadeiros

DE DIA VIAM-SE POUCO. Preferiam a noite, lugares mais discretos.
Onde podiam e sabiam ser somente os dois.
Sem risos sarcásticos ou julgamentos precipitados.
As noites eram o seu mundo. E desfrutavam da certeza de que,
quem o feio ama, bonito lhe parece.
E a beleza da alma transparecia nos seus olhares felizes.
Encontravam-se sempre naquela rua,
tinham por testemunha a lua, que os abençoava
por serem feios, por o seu amor belo e verdadeiro.
QUEM DIRIA!

Natalina Marques, 57 anos, Palmela

Desafio nº 6 – Início e fim: De dia viam-se muito pouco …….. Quem diria!

Sem comentários:

Enviar um comentário