14 maio 2016

O lápis da amizade

O Sr. Manuel vive num lar de idosos. Desenha panelas de ferro preto, iguais àquelas que a mãe usava, à lareira, para fazer sopa. Diariamente, sente o aroma do feijão, vê as mãos da mãe, ouve a irmã varrer o chão…
Um dia, o lápis rola para o chão. É apanhado por um miúdo. Entreolham-se. O Sr. Manuel sorri e o miúdo guarda o lápis. No dia seguinte, o miúdo volta com o lápis, e desenham juntos.

Margarida Leite, 47 anos, Cucujães
Desafio RS nº 37 – o lápis caído no chão

Sem comentários:

Enviar um comentário