14 fevereiro 2017

Procuro-te

Às vezes procuro-te ― num mar de gente ou nas nuvens luminosas.
Procuro-te, sempre mais vezes, nas estrelas do Céu, em noites felizes.
Ninguém me diz, nem eu pergunto, nem oiço dizer, mas procuro-te!
Onde estás ― interrogo eu, em voz baixa silenciosa, quando te procuro.
Arremesso o pensamento ― procuro-te ―  espero a resposta, mas o vazio impõe-se.
Onde estás, com quem estás, o que fazes ― não sei, procuro-te!
Procuro-te ― nos lugares, nas horas, nos sonhos ― por vezes, graciosamente, invento-te.  
Laura Garcez, Lisboa, 44 anos

Desafio RS nº 11 – 7 frases de 11 palavras, sempre com uma palavra repetida

1 comentário: