13 março 2017

Celina Silva Pereira ― desafio nº 114

Conversa animada
Encontrei-a na minha rua, era velhinha e enrugada. Contou-me sua história. Os filhos tinham-se mudado para longe depois de tê-los criado sozinha. Nunca recebia visitas, costumava trabalhar em
obras sociais, mas sentia muito a saudade da família. Nem os netos podia ver.
Depois de uns dez minutos de conversa animada e triste e de conhecer toda a desdita daquela vida, animei-me a perguntar-lhe a idade. Tinha sessenta e cinco. Um ano menos que eu. O sofrimento envelhece.
Celina Silva Pereira, 66 anos, Brasília, Brasil

Desafio nº 114 ― trocar as voltas ao ditado popular

2 comentários:

  1. O viver no passado envelhece... já cantava o Vinicius que "É melhor ser alegre que ser triste|
    Alegria é a melhor coisa que existe |É assim como a luz no coração" mas a tristeza é sempre vivida para descobrir a luz. As plantas crescem e não se perdem nas memórias passadas...não somos todos uma flor? porque é que nos perdemos no sofrimento? Gostei muito da sua história, Celina. Parabéns

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Eurídice!
      "O coração alegre serve de bom remédio", já diz a Escritura.

      Eliminar