23 março 2017

Fátima Andrade ― desafio escritiva nº 18

Uh... uh… pouca-terra, pouca-terra, chega o comboio à estação. A vaquinha Esmeralda toda contente responde:
― Muuuuu... ― Abanando a cauda num frenesim, shhh… shhh… enxotando uma mosca, sempre a
zumbir.
Zzzzzzz... será que não tem para onde ir? 
Vem a galinha Primorosa, toda vaidosa com o seu cacarejar, Cocorocó, Cocorocó e zás! De apanhar a mosca foi capaz! O cão Brincalhão, atazana a Primorosa com latidos e cabriolices... Ão… ão…
Cocorocooó... foge a galinha para casa da avó!
Fátima Andrade, 45 anos, de Milheirós de Poiares, Sta. Maria da Feira
Desafio Escritiva nº 18 ― onomatopeias na história

Sem comentários:

Enviar um comentário