20 março 2017

Desafio Escritiva nº 18

Eu gosto de imitar sons e acho muita piada quando o meu irmão quer explicar alguma coisa e anima sempre a história com milhentas onomatopeias. Aliás, a nossa forma mais frequente de comunicação é o assobio. Enfim, coisas de “miúdos”.

Pois bem, hoje a ideia é usarem as onomatopeias que quiserem para escreverem o vosso texto de 77 palavras.

Aqui fica o meu exemplo:
Trim, trim, trim!
― Estou sim?
Vrom, vrom, vrom, vrom!
― Estou sim? Não pode fazer isso de forma mais suave?
Ti-nó-ni, ti-nó-ni, ti-nó-ni!
O quê? Não oiço nada!
― Exatamente por isso, para de fazer esse vrom, vrom, vrom!
― Fale mais alto, com este barulho é impossível entender o que diz!
Wooo, wooo, wooo, wooo!
― O que eu queria dizer é que...
Priii, priii, priii!
― Estava a tentar dizer-lhe que...
― Esqueça! Trato já eu de rebocar a mota sozinho!
Paula Cristina Pessanha Isidoro, 35 anos, Salamanca

Desafio Escritiva nº 18 ― onomatopeias na história

6 comentários:

  1. UAU!!!
    Gostava imenso de fazer exercícios do género com os meus alunos!!!bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas é para isso que eles servem! Força, e depois envie - eles ficam entusiasmados com a publicação e ainda mais se ler alguns na rádio. Até à próxima história!
      Um grande abraço

      Eliminar
  2. Adorei o tema e tua história,Paula! beijos, linda primavera por aí! Aqui, OUTONO! chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, aqui a primavera entrou tão a correr que está uma ventania dos diabos!!!! Vuuuuuuuuuuuuu... ;)
      Beijinhos grandes

      Eliminar
  3. Muito bom o tema e a invenção da história!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, a Paula vai ficar toda contente. Um abraço

      Eliminar