02 maio 2017

Maria do Rosário Reis Lima ― desafio RS nº 39

O destino impossível do nosso lixo pode resumir-se em verde.
Fizemos um esforço e conseguimos outro uso dos resíduos.
No exterior, os restos decomponíveis, sobrepostos e humedecidos, comidos por micro seres,
constituem o solo do futuro.
O resto, produtos rígidos e resistentes, difíceis de destruir, comprimidos e reduzidos no seu volume, sofrem um processo muito complexo tendo por fim o uso noutros objetos úteis.
No fim, o nosso globo é um pouco menos negro, resumido em verde.
Maria do Rosário Reis Lima, 68 anos, Porto

Desafio RS nº 39 – história de amor sem A!

Sem comentários:

Enviar um comentário