17 julho 2017

Laura Garcez ― desafio RS nº 11

Agora
Agora, quantas pessoas expirarão pela última vez, excluídos da próxima alvorada!
Agora, quantas lágrimas desfeitas, inundarão rostos desfigurados, pela linha do acaso!
Agora, quantas crianças ― destroçadas, cambaleantes ― porque jamais verão os seus pais?
Agora, quantas mães bradarão, porque perderão quem lhes saiu das entranhas?
Agora, quantas brisas mensageiras perderão importância, afogadas pelo ruído do mundo?
Agora, quantas paixões violentamente desfeitas, enroladas nas ondas escuras da perversão!
Agora e sempre, sobrarão novas noites, novas estrelas, que muitos esquecerão!
Laura Garcez, Lisboa, 44 anos

Desafio RS nº 11 – 7 frases de 11 palavras, sempre com uma palavra repetida

Sem comentários:

Enviar um comentário