24 setembro 2017

Mónica Marcos Celestino - desafio nº 123

O lamento
Qual turbulento tufão brotou da ronca garganta
o triste lamento que, como furtivo fujão,
oculto entre escuras sombras, morava no peito.

Qual retumbante trovão ressoou na densa névoa
a lastimosa queixa que, como berrante fita,
pungiu os corações envoltos em preta capa.

Livre ficou das suas cadeias aquele pranto
tal pássaro engaiolado que escapou da sua prisão
e pôde no fim as assas despregar.

E desligado foi das algemas dos pesares.

Mónica Marcos Celestino, 45 anos, Salamanca, Espanha

Desafio nº 123 – palavras com letras de justificado

Sem comentários:

Enviar um comentário