05 julho 2018

Domingos Correia ― escritiva 32


Zola
Zola seguia pelo mediterrânio numa barca superlotada, fugindo da morte. Subitamente, a barca vira-se. Ouvem-se gritos, chamamentos…
Zola, subitamente, sente-se um gnu atravessando o grande rio, fugindo às implacáveis bocarras dos crocodilos.
E como gnu, debate-se, querendo atravessar… 
… entretanto, cessam os gritos e chamamentos. Mas Zola continua lutando, debatendo-se…
Finalmente, parecendo milagre, alcança terra firme.
À sua espera, um rosto amigo debruça-se e abre-se num largo sorriso.
Como gnu, Zola deu dois pinotes e abraçou a vida...
Domingos Correia, 60 anos, Amarante
Escritiva nº 32 ― um GNU na história

Sem comentários:

Enviar um comentário